Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

Publicidade

18
Abr17

HC: Sem nome (Brasil)

Nome:
(Esqueci-me de perguntar )
 
Idade atual:
23
 
Em que idade é que apareceu a doença de Crohn (DC)?
18, porém sinto os sintomas desde criança.
 
Como é que a doença se manifestou no início, tem familiares com DC?
Muita espinha, diarreia com sangue, inflamação nos olhos (similar a conjuntivite), dores abdominais, perda de peso, etc. Não tenho familiares com a doença.
 
Depois de lhe terem explicado que a doença era crónica, qual foi a sua reação?
De início foi um impacto grande, mas com o tempo me acostumei com a ideia.
 
Quais as restrições que a doença causa à sua vida?
Que eu me lembre, nenhuma.
 
Que alterações teve no peso?
Várias, meu peso oscila muito. Já cheguei a pesar 48 kg. Imagina, um rapaz de 1,81 pesando isso. Cheguei aos 80, porém caiu para 61 novamente.
 
A alimentação tem influência no agravamento da doença? Se sim que conselhos pode dar.
Sim, influência bastante. Consultar um nutricionista.
 
Com que frequência tem as crises e quanto tempo duram? Há forma de prever uma crise?
Antes eu tinha a cada 2 meses, hoje não tem uma frequência certa. Depende muito a duração delas. Se for uma leve, passa no dia ou no dia seguinte. Mas se for uma grave, demora de 15 dias até 2 meses.
 
Que medicação é que já teve de tomar? Que efeitos secundários tiveram esses medicamentos (se tiveram), no seu corpo? Atualmente, ainda precisa de controlar a doença com alguma medicação?
Mesalazina, Azatioprina, Infliximab e Metotrexato (tive reação alérgica desse ultimo).
 
Surgiram outros problemas de saúde relacionados com a DC?
Dificuldade de gravar as coisas.
 
Já foi sujeito a alguma intervenção cirúrgica devido à DC? Se sim, que intervenção foi essa e durante quanto tempo esteve bem, depois teve de continuar a tomar medicação?
Sim. Fiz uma cirurgia, pois meu intestino havia estourado e causou infeção generalizada. Não deu muito certo e 9 dias depois precisei fazer outra cirurgia, que também precisei colocar colostomia. 6 meses depois fiz a reconstrução intestinal. No ano de 2014, precisei fazer correções nas cirurgias. Continuo usando Azatioprina e Infliximab. Bem, bem, bem nunca fiquei, mas estou bem. Não fico mais internado com tanta frequência igual antes, mas minhas crises aparecem esporadicamente.
 
Há quem defenda que existe uma relação entre o estado psicológico do doente e a própria doença. Concorda? Até que ponto tem impacto na sua vida?
Com certeza. Isso impacta muito na minha vida! Sou uma pessoa bastante sentimental e sensível, gosto muito de pensar, mas me sinto sozinho (isso é péssimo). Sentimentos negativos, só ajudam a piorar as crises.
 
E a família e os amigos, apoiaram-no? Considera esse apoio fundamental?
Alguns se afastaram. Mas os amigos de verdade e os mais próximos da família me apoiaram.
 
Sentiu algum preconceito das pessoas relativamente à doença?
Sim, bastante. Principalmente na época da colostomia.
 
Se tem que viajar como faz?
Levo meus remédios, procuro os hospitais da região que irei e vou me divertir.
 
Por fim, que mensagem deixaria a todos aqueles que têm DC e que, ora por inexperiência a lidar com a doença, ora por falta de força, vacilam?
Não desanimem. Eu também tenho meus momentos de desânimo até hoje, não nego, mas não é o fim do mundo. Levem uma vida normal, façam o que vocês gostam, não deixe que a doença o impeçam de conquistar seus sonhos, seus objetivos e não liguem pro que as pessoas falam, como por exemplo: Não pode fazer isso por causa da doença, etc. E façam o tratamento correto! Forte abraço.
 

 

Voltar a Histórias de Crohn