Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

Publicidade

21
Nov16

Mistério das minhas crises revelado?

Parece haver uma periodicidade nas minhas crises, ignorem as pequenas, não ignorem as grandes (aquelas em que acabo por vomitar):

 

crises-26112016.png

 

Não sei qual a relevância estatística destes dados. Mas desta vez não tive uma má noite, e no dia seguinte já estava a comer normalmente (ao invés de fazer um dia de jejum). E porque sobrevivi melhor desta vez?

 

No dia da crise fui a um restaurante mexicano, tive o cuidado de só comer coisas que podia. Erro crasso! Mesmo os pratos do menu sem picante pertenciam à categoria "não posso comer"... Não cheguei a meio da refeição, quanto mais às sobremesas. Comecei a sentir o já conhecido enfartamento, muita sonolência e umas ligeiras cólicas que, mais uma vez como é costume, foram evoluindo para cólicas não tão ligeiras como isso. O jantar ficou a meio, tive de sair para ir para casa resolver o problema. Fui para o carro e lá fiz a viagem de 30 minutos até casa (tortura).

 

Mas desta vez quando cheguei a casa não estive com meias medidas, não esperei que as cólicas ficassem pior, ou que os vómitos naturais que já estava a ter fizessem o seu efeito, induzi imediatamente o vómito! Depois bebi uma caneca de chá e voltei a induzir o vómito e aqui sim vomitei como deve ser! Já me tinham dito que ajuda imenso a vomitar ter o estômago cheio de liquido, e se duvidas tivesse, agora não tenho. Foi muito rápido e eficiente, sem sofrimentos, duas ou três vomitadelas fortes e estava pronto para ir para cama. Lavei a boca e fui dormir! Nem mais uma dor, dormi pacificamente até ao dia seguinte e acordei bem disposto, a única coisa a relatar eram uns barulhos ligeiros na barriga.

 

Portanto será que estas crises não passam de uma intolerância a um ingrediente qualquer?? Pelo menos sei que das próximas vezes o que tenho que fazer é encher o estômago de água e esvazia-lo o mais depressa possível.

3 comentários

Comentar post