Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

Publicidade

22
Nov16

Perguntas que me abrem os olhos

saude24.png

 

 

Na semana passada tive gripe. E que gripe, este ano a gripe está mesmo muito FORTE! Primeiro foi a minha cara metade que ficou com os sintomas e já sabendo que me ia acontecer o mesmo comprei mantimentos a contar com alguns dias de indisponibilidade para sair de casa.

 

Dito e feito, nesse mesmo dia à noite comecei a ficar cheio de frio (estava a ficar com febre) e no dia seguinte estava a sentir-me mal como a ***** (perdoem-me o meu inglês). Ao segundo dia de gripe continuava completamente de rastos, e quando falei ao telefone com a minha mãe ela começou a "chatear-me" para ligar à saúde 24 porque podia ser algo grave, e que eu não devia tomar ben-u-ron para baixar a febre e fez-me prometer que ligava para a dita linha.

 

Passados uns 10 minutos do fim da chamada voltou a ligar-me: "Não mãe, ainda não liguei para lá" (revirei tanto os olhos que conseguia ver a parte interior da minha nuca, obrigado por me tratares como uma criança  mãe.... ). Desisti, não estava em estado de receber chamadas a cada 5 minutos a perguntar se eu já tinha telefonado ou se ainda estava vivo e lá liguei.

 

Atendeu-me uma rapariga muito simpática que fez uma data de perguntas. E aqui está a razão para este artigo: "Sr. José, o senhor é saudável?". Consegui sentir a mensagem a passar de neurónio para neurónio, em parte por ter a cabeça em papa por causa gripe, espera aí, é suposto dizer o meus problemas de saúde?....: "Doença de Crohn e Espondilite Anquilosante". E enquanto ela falava, por uns momentos fiquei a pensar, pois é, tenho 33 anos e duas doenças crónicas e ambas são nada simpáticas em termos de efeitos secundários. E por uns momentos a ideia de que NÃO sou saudável deixou uma sensação muito desagradável. Pior, como tenho estas doenças a enfermeira achou que eu devia ir ao médico e tentou arranjar-me uma consulta num centro de saúde aqui em Évora, acreditam que não há um? Apenas Centros de saúde familiar que não aceitam pessoas de fora! A solução? Ir para as urgências do hospital de Évora!!!!! E para que percebam o porquê de todos estes pontos de interrogação, um dia fui lá com a minha cara metade e havia um senhor/a que estava à espera para ser atendido há 6 horas! SEIS HORAS! Obviamente acabei por não ir para o hospital e no dia seguinte a febre já tinha descido para ~37ºC e no dia seguinte a esse já não tinha nada. Não tive qualquer sintoma de Crohn durante a gripe, ou depois dela.

 

Não gostei de perceber que sou um doente crónico e não gostei de por o ser ter de ter mais cuidados, ter de ir ao hospital preventivamente. Com esta idade é suposto sentir-me indestrutível e perceber que não é esse o caso não é agradável e um pouco revoltante, dá vontade de começar a dar murros nas paredes... 

1 comentário

Comentar post