Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

09
Abr09

Estou a melhorar.

É pena não conseguir ver para dentro de mim mesmo. Não sei o que se passa do outro lado dos pelos da barriga, algo bom não é! Ainda assim, nada me demove a ideia de que o Humira é um espectáculo, é impossível para mim não ficar viciado em algo que sabe tão bem. Não, não dá pedrada e não é como as drogas (se bem que nunca tomei nenhuma). Dá-se a injecção, e não se sente prazer nenhum, só dor e a barriga fica a doer durante umas boas 24h, se bem que é um durido daqueles de quem levou uma pancada ou uma canelada. Dói mas não é nada de especial. A parte boa é que depois, dois dias depois o prazer é muito, sinto-me invadido por uma espécie de euforia. Não sei bem explicar essa euforia, poderei também dizer que é alegria.

 

Bom, a verdade é que as dores de barriga a pouco e pouco estão a diminuir assim como o cansaço extremo e a sonolência aterradora com que andava. A barriga não está perfeita, mas está muito melhor, a febre passou, e no meio disto tudo fico a pensar, o que é que se passa dentro de mim??? O que vai dentro da minha barriga??? Como é que depois de tomar algo que supostamente me faz ter menos imunidade tira tira também a febre??

 

Provei o nectar dos deuses e não quero menos do que o que tenho agora, não posso voltar atrás, o retrocesso é muito grande, voltar para os comprimidos sem fim é como conduzir um fiat 500, mas dos antigos!!! Provei algo bom, muito bom, é o nectar da vida, a diferença entre a escuridão e cizentude, e uma vida de luz cheiro e sabor!

 

Sim, estou-me a deixar levar pela euforia, e mais do que a euforia de não ter dores, é a euforia de pensar que não tenho nenhum abcesso na barriga e que NÃO vou morrer, pelo menos não nos proximos tempos, lol!!

 

Pensar na morte e sentir como se estivessemos mesmo a morrer não é um bom caminho. Pelo menos, não para mim.

08
Abr09

Evolução

Já passaram umas horas que tomei o Humira, estou-me a sentir melhor, mas será mesmo do Humira? Também não consigo perceber se as dores de barriga diminuíram.

 

A febre está intermitente, tenho periodos em que chega aos 37ºC, mas a maior parte do dia tenho tido abaixo disso.

 

O que julgo estar a fazer diferença são estes antibióticos. Porque ainda hoje de manhã estava bem e depois à tarde estava de novo que parecia que tinha sido atropelado por um camião TIR. Isto tem coincidido com um dos medicamentos. E como vou ter de tomar até à proxima terça feira estou um pouco apreensivo a pensar que vou andar 6 dias a dormir em pé.

08
Abr09

A febre não passa...

       Pois é, além de não me sentir nada bem, (parece que levei uma tareia todos os dias) a febre também não passa! Continuo com os 37ºC e com as dores horríveis. Daqui a pouco vou para o hospital mas suspeito que com nada de bom virei eu de lá. O meu médico não me vai mandar tomar humira no estado em que estou, por isso o que me está a chatear mais neste momento (as dores) não vão passar tão cedo. suspiro....

07
Abr09

Medico, hospital, febre e companhia

       As dores de barriga são mais que muitas, tenho tantas dores que não consigo andar normalmente, a perna direita está directamente por baixo da zona da barriga onde tenho as dores. Neste momento tenho dores persistentes, não são cólicas, que vêm e vão e a que estou habituado na minha doença. A dor é grande e manifesta-se sempre que me mexo, dormir foi complicado, sempre que durante o sono me virava para o outro lado, sentia esta dor horrível. Nem o saco quente resolveu a situação.

       Ontem fui ao médico, foram 3 longas horas de espera no hospital, como ainda tinha febre no dia anterior passou-me análises com selo de urgência e mandou-me tomar um anti-biotico e um anti-fungico/bateriano. Foram então os seguintes:

 

  • Ciprofloxacina 500mg -  de 12h em 12h
  • Flagyl (Metronidazol) - de 8h e 8h.

 

       Quarta feira (amanhã) volto ao hospital para vermos as análises e depois logo se decidem as coisas.

       Ontem estive um pouco melhor que nos últimos dias, a febre tinha passado e já me estava a sentir muito melhor. No entanto a noite e o dia de hoje não foram nada bons. Para começar ainda estou com a febre à volto dos 37ºC, mas pode ser do antibiótico, está nos seus efeitos secundários. Fui também envolvido por uma sonolência aterradora, passei literalmente o dia todo de hoje a dormir, e ainda estou cheio de sono enquanto escrevo isto. Tenho a certeza que tem algo a ver com esta dose descomunal de medicamentos que estou a tomar. Parece que fui atropelado por um camião tir.

       A moral está a baixar, não me sinto nada bem, e acho que estou a ficar um pouco deprimido e a perder a noção da realidade, alucinações? Ficar muitos dias em casa faz mal ao espírito. Sinto que me estou a ir abaixo e fico preocupado.

       Ontem também foi dia de análises, não estou a falar das que fiz, mas daquelas que fui buscar porque da ultima vez o médico tinha ficado com elas. O hospital melhorou as folhas das análises agora vem também a informação das ultimas 4 análises! Posso mais tarde por essas informações aqui no blog, as últimas que fiz foram um pouco antes de começar o Humira, não estava tão mal como hoje ou como no dia em que levei as duas primeiras injecções mas estava bastante em baixo. O que lá se vê é horrivél, dos tempos recentes nunca estive tão mal, tanto a anemia como o resto (proteina C reactiva etc) está tudo com valores maus!!! Espero que estas 3 semanas de Humira deixem melhor marca nas análises que fiz ontem, isto só aumenta a minha preocupação.

       Estou provavelmente como os drogados, estou aqui ansioso pela próxima dose, não me interessa que esteja com febre ou o que seja, no estado em que a minha barriga está eu PRECISO DE UMA INJECÇÃO MILAGROSA. Quero que tudo, mas literalmente tudo, o resto se lixe!!! Com os outros medicamentos se me deixavam mal ficava com medo de tomar, mas com o Humira não, fiquei viciado em sentir-me como se não tivesse a doença, era tão bom que finalmente descobrissem o que causa isto...