Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

26
Mar09

Afectação do Sono

       Há muitos sintomas desta doença, a maior parte é directa, dores de barriga, emagrecimento, anemia, cansaço, enfim, não os vou enumerar a todos, não hoje pelo menos.

       A razão que e leva a escrever é outra, sim, a que vem no título do post. Como efeito colateral/secundário da doença tenho a incapacidade de dormir, dormir bem pelo menos.

       Todas as noites me deitava e todas as manhãs acordava aparentemente pior do que quando me tinha deitado.

       O que me acontecia é que muitas vezes o sono não era profundo, quando se tem dores fica pior, já não me lembrava da ultima vez que tinha dormido profundamente. Acordo com um pouco de energia mas esta só durava uma hora, depois entrava novamente num estado letárgico horrível.

       Portanto posso dividir em vários motivos:

 

  • Acordar muitas vezes durante a noite.
  • Não atingir um sono profundo, ter sono leve.
  • Temperatura inconstante, durante a noite ter muitas vezes calor e frio.

 

       Não sei se a parte da temperatura tem a ver com a doença, a pessoa habitua-se a por e tirar os lençóis, mas não se dorme bem. Queria ter palavras para descrever o que é viver num estado constante de privação de sono mas não é fácil. É no entanto das piores coisas que se pode fazer a qualquer pessoa, não o desejo a ninguém.

       Acorda-se de manhã num estado letárgico, melhora um pouco com o banho, mas rapidamente voltamos para a mesma sombra. A luz faz-nos impressão, qualquer pequeno problema torna-se numa tempestade, deixo de ter paciência para aturar pessoas, todas as pessoas, família e não família, só quero estar sozinho longe de todos, não consigo dormir mas também não estou acordado, fecho sobre mim mesmo, a barreira é forte e difícil de penetrar. O cansaço alastra-se a tudo na vida, andar cansa, conduzir cansa, namorar cansa, reuniões de família são um tormento. Cria-se uma névoa que nos acompanha para todo o lado e lentamente vai-se perdendo o prazer na vida, deixamos de fazer as coisas que gostamos e as que não gostamos, lentamente estas duas categorias vão-se misturando uma com a outra, um dia olhamos para a nossa vida e percebemos que não gostamos de nada, não gostamos de ninguém e não fazemos nada, não há alegria com nada, nada nos satisfaz, tudo é feito por convenção, come-se porque se tem de comer, toma-se os comprimidos, cumprimenta-se as pessoas, vou à faculdade, volto da faculdade, sem qualquer brilho.

       Dormir é muito importante, quero conseguir viver o dia a dia conseguindo saborear cada momento, não é fácil mas acho que estou a voltar para o bom caminho. Desde que tomo Humira que consigo dormir como deve ser, foi o principal ganho até agora!