Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

24
Dez09

Afinal há Natal!

Haha, gostaram da rima? 

 

Já estou aqui cheio de piadolas engraçosas o que só quer dizer que me estou a sentir bem. Foi uma noite trágica hoje. Pensei que acabaria no Hospital como da última vez.

 

Vamos lá então contar as coisas decentemente para se perceber:

 

Estava a ter pesadelos enormes, é sempre assim que começam estas telenovelas. Muito estremunhado lá acordei, senti uma dor de barriga daquelas de nos torcermos todos. Noto que estou a ficar crescido, não houve pânico, desespero ou alarmismos. Tive de imediato um pensamento muito calmo e linear: "Queres ver que vai acontecer de novo?". Decidi levar a coisa com calma, liguei o pc e fui ver se havia alguém na net para falar e assim entreter a cabeça, também, estar acompanhado nestas situações é sempre agradável . Escusado será dizer que não queria acordar os pais. E não é que a minha namorada estava na net? :D sorte de cão! às 5h da manhã na internet porque não tinha sono hehe. Fiz uma coisa de que ela já me tinha falado antes, dizia ela que quando tinha dores de barriga a avó fazia festas na barriga, que ajuda a por os intestinos a trabalhar. Não percebo se fez efeito ou se não fez nada, por uns momentos pareceu que estava a correr bem mas depois as dores aumentaram para níveis que começam a por qualquer um desesperado.

 

Uma enorme azia começou a tomar conta de mim e também comecei a sentir alguns vómitos. Fui umas 3 vezes à casa de banho para vomitar, tive até os reflexos de vómito, mas nunca saiu nada.

 

Por esta altura já tinha feito uma barulheira que acordou o pai que veio ver o que se passava. Ganhei "coragem", vesti-me e fui para a sala. Fiquei a pensar que era boa ideia vomitar na casa de banho de baixo porque na de cima provavelmente acordava os vizinhos (a parede de baixo não tem comunicação com a parede dos vizinhos, mas a de cima tem). Sentei-me no sofá, já estava a sentir um sono horrível, quase que não conseguia ter os olhos abertos, adormeci!

 

Acordei agora, são 11h. As dores foram-se embora quase por completo, sinto umas micro cólicas, com barulhos à mistura, sinto as coisas a descer o que é bom sinal!  Também estou bem melhor da constipação, já não tenho a garganta e nariz apanhados. Agora estou com tosse! Tenho que tomar um especturante, mas vou esperar mais umas horas para a barriga se acalmar.

 

Pus agora o termómetro: 36,3ºC! Já não tenho infecção/inflamação  ontem à noite também não tinha febre, o que me deixou relaxado que não era uma infecção como da outra vez em que tinha o abcesso de 4cm.

 

 

 

 

E depois de uma narrativa tão extensa perguntar-se-ão: Então o rapaz estava tão bem, não tinha dores nenhumas e agora ficou com a fava sem sequer ter pegado no bolo rei?

 

O dia de ontem foi de facto uma junção de coincidências fatídicas. Ora vejamos:

 

1. A minha doença começou com uma gripe em que estava com uns gases muito mal cheirosos (as duas se aplicavam ontem).

 

2. Comi sopa de espinafres, e tinha bastantes.

 

3. Comi arroz Integral.

 

4. Comi uma ou duas barrigas de chocolate Kinder.

 

5. Antes de dormir tive a triste ideia de beber um sumo de laranja, tudo triturado (sem casca). Mais tarde entrarei em pormenores sobre esta trituradora hehe.

 

E pronto, é tudo, natal dos hospitais só pela televisão  a coisa não estava nada bonita.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.