Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

15
Ago11

Crónica do Sudoeste

Hoje já é dia 15 e sudoeste acabou no dia 7 de agosto. Como é que já passaram tantos dias e eu ainda não escrevi sobre a maior maluqueira da minha vida até agora!!!!??

 

Bom, só de ressaca (não no sentido de bebidas) foram pelo menos dois dias, o resto tem sido tratar de uma catrefada de assuntos pendentes devido à minha incompetência para os resolver em período de aulas, mas a verdade é que parece que quanto mais coisas faço mais aparecem para se fazer, suspiro....

 

Comprámos o bilhete zmar que tinha o sudoeste e campismo num só (140€). E para conseguirmos um lugar decente deixavam-nos ir um dia mais cedo, fomos dia 2. Devido a problemas financeiros decidimos seguir viagem pelas nacionais de Lisboa até à Zambujeira do Mar, antes de sair de casa tentei ir à casa de banho prevendo o que se avizinhava a nível de sanitas, mas não consegui.

 

 

Dia 2

 

Saímos pelas 12h, e 2h30 depois chegamos ao "acampamento". Este é um parque de campismo de 4 estrelas, tem piscina normal, piscina de ondas, ginásio etc. Fizemos o check in, deram-nos uma fita do sudoeste como se pode ver na imagem abaixo.

 

img263_DxO.jpg

 

Então lá montámos a tenda e siga para a praia!

 

E foi aí que as coisas começaram a ficar divertidas, o carro das outras pessoas que vinham connosco avariou! Nós nem queríamos acreditar, teríamos de dormir 3 numa tenda com um colchão para duas pessoas e em que três só cabem se não se mexerem muito!!

 

Passadas umas horas o carro lá teve concerto (os nossos agradecimentos ao ACP que trocou tubos do radiador no local da avaria). Chegaram às 22h30, finalmente podíamos jantar. No meio da conversa toda, montar tendas e jantar deitámo-nos muito para lá da meia noite.

 

 

Dia 3

 

Quem acampou sabe que normalmente se acorda cedo, porque quando o sol começa a bater faz um calor dentro da tenda horrível!! A barriga já começava a acusar um pouco de estar há dois dias sem ir à casa de banho, fui bem cedo antes das outras pessoas acordarem porque sempre que me sentava na sanita (depois de a forrar todinha com papel) perdia completamente a vontade de ir, era preciso uma atitude muito Zen para a coisa funcionar!!! 

 

Lá se comeu o pequeno almoço e siga para a praia de Odeceixe.

 

praiaodeceixe01_486_DxO.jpg

 

Passei o dia todo a dormir na praia o que não tinha dormido na tenda. Regressado ao acampamento fui tomar banho para me preparar para o primeiro dia de sudoeste. Bom, a primeira palavra que me ocorrer quando penso nesse banho é: FRIO!!!! A segunda palavra é: FRIO, e a terceira é p*** de FRIO!!!!!!!! Sabem o que é sentir dor quando se põe agua fria nas contas? E logo a seguir ficar com uma câibra? Foi o pior banho da minha vida, eu fugi ao banho da praia porque estava muito frio mas não deu para fugir deste.

 

O jantar foi um pouco uma repetição do almoço, sandes com Tartex e batatas fritas, sumos, carne assada e mais umas porcarias do género. E como as bebidas no Festival têm preços proibitivos tínhamos que beber antes, visto que também é proibido entrar com garrafas. Como já devem saber fico bêbado com pouco álcool, por isso até sou barato nestas festas, tinha levado uma garrafa de Grasovka (vinda directamente da Polónia).

 

 

873083.jpg

 

Chegou para todos (cinco no total), principalmente porque tem um sabor horrível e ninguém ficou com vontade de consumir muito.

 

E porque estou eu a falar de Álcool? Oiço muita gente dizer que lhes faz mal ao crohn mas a mim nunca me fez, mesmo antes da operação.

 

Mas continuando, no primeiro dia Thomas Gold foi REI, ainda estou na dúvida se não foi o melhor DJ que por lá passou. Festa e dança até às 3h da manhã e depois tenda!

 

img251_DxO.jpg

 

 

Dia 4

 

No dia seguinte teve de se acordar cedo, o sol já nem fazia muita impressão porque os nossos vizinhos montaram uma tela enorme que nos fazia sombra, mas uns rapazes bem dispostos gritavam em alto e bom som que por 140€ ninguém dorme, sudoeste sem estas coisas não tem piada .

 

E no acordar demos logo pela primeira baixa, uma das nossas amiga ficou sem voz!!  Acordei sem qualquer ressaca (também não tinha abusado), e a barriga a moer um pouco, fui à casa de banho, enfeitei a sanita com papel, sentei, e..... nada! Levantei e vim-me embora, o dia já não estava a correr bem , eu sem ir à casa de banho fico carrancudo, esta vez não foi excepção. Mas este dia estava condenado a correr mal, tentámos ir a uma praia mas a policia estava a barrar o caminho, obrigando a dar uma volta que ao fim de uns quantos quilómetros de terra batida desistimos, já se discutia no carro e já tínhamos uma baixa (a namorada tinha torcido o pé), quando chegámos finalmente a uma praia tivemos a segunda baixa, um pico no pé que não deixava andar e não se conseguia tirar. Todos para dentro do carro e siga para o posto médico.

 

Com o dia a correr mal, nem o banho consegui tomar, água muito fria e falta de tempo ditaram que só lavasse a cabeça, mais valia ter ficado na tenda, Snoop Dog não vale nada, MAS MESMO NADA!! enfim, cheguei cedo a casa e no dia seguinte também se acordou cedo, houve algum dia em que não acordei cedo??? 

 

 

Dia 5

 

O pé torto tinha piorado durante a noite por isso depois de se acordar ----> posto médico!

 

Decidiu-se então que era dia de ir para a piscina, eu já estava todo entupido e cansado de não dormir nada por ter de acordar cedo etc., então decidi ficar na tenda. Esperei que fosse toda a gente para a piscina e que o parque ficasse vazio e fui numa excursão à casa de banho. Lá consegui fazer o que tinha para fazer e quando saí repare que estava lá uma válvula de regulação de temperatura da água, subi para cima da sanita e comecei a regular, para meu espanto estava regulada para o mínimo!!!! Água geladinha!! Eu já andava desconfiado, andavam as raparigas a dizer que a água estava morna e que até se davam ao luxo de lavar as mãos com água quente e nós ali ao lado a amargar.

 

Tomei um banho de água QUENTE que soube bem como há muito tempo não sabia. Fiz a barba, estava no Céu!!!

 

Depois lá houve a noite, com pouca bebida e um concerto de Kanye West que foi uma treta embora seja de todo o festival o que teve melhor efeitos visuais.

 

 

Dia 6

 

O melhor dia! Por esta altura já se começa a notar o cansaço, de manhã já não há gritaria, mas o dia começa muito xoxo, como se pode ver pela imagem que tirei de dentro da tenda.

 

img255_DxO.jpg

 

Felizmente estava um dia quente e deu para ir à praia e desta vez lá tomei dois banhos de quase congelar, mas até estava agradável.

 

O ritual repete-se todo sem muito para contar, continuei a alimentar-me muito mal, a comer essencialmente sandes e batatas fritas de pacote, mas a barriga manteve-se firme e hirta! O banho no Zmar já foi de água fria outra vez, mas é pouco relevante.

 

Neste dia bebi um pouco em excesso, quando lá cheguei já estava bastante tocado, tanto que chegou para a noite toda. Scissor Sister foram BRUTAIS seguidos de David Guetta que também não desiludiu, dancei que me fartei, foi non stop desde as 22h até às 3h.

 

 

Dia 7

 

Não houve ressaca, mas dormi até tarde, e o desgaste do dia anterior notava-se, as pernas estava pesadas e doridas. Este foi dia de piscina e pelo meio ainda deu para tirar esta fotografia:

 

img248_DxO.jpg

 

Vê-se com cada coisa... 

 

Entretanto não há muito para contar, lá fui à casa de banho pela última vez e reparei numa coisa muito engraçada, eu não era o único esquisito com as sanitas, vi dois rapazes a inspeccionar bem as instalações antes de escolher o local, é aquela parte do campismo que me faz bastante impressão, mas enfim....

 

O que salvou a noite foram os Swedish House Mafia num dia em que o Cartaz começava com Filipe Pinto (vai-se lá saber como...) e tinha bandas de musica alternativa pelo meio (Interpol e The National). Com o andamento que levava dos outros dias, bebi ao todo um litro de cerveja e só fiquei ligeiramente tocado, entretanto com a abstinência e o vegetarianismo espero limpar o organismo durante estes dias.

 

 

Dia 8

 

Só consegui dormir 4h, muito calor e tínhamos que sair do parque antes das 13h. Estava tão cansado que nesse dia não conseguia dormir, mas a viagem correu bem e chegado a casa fui direitinho para a sanita, seguido de um banho de água quente que soube muito bem!!!

 

img262_DxO.jpg

 

Olhando para trás tenho a certeza que sou capaz de voltar a repetir a aventura, só é preciso ter o dinheiro .

 

Não sei bem como é que a minha barriga aguentou 6 dias de abusos e torturas mas chegou a casa em perfeito estado, agora é tempo de ser um menino bem comportado que esta doença só dá para uma brincadeira destas por ano! 

 

Ah, até ao final das férias não deverão ter noticias minhas, vou para o Algarve dia 17 só devo voltar lá para 7 ou 8 de Setembro. Até lá divirtam-se, boas férias e pouco Crohn .

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.