Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

17
Set14

Falemos de radiação.

Já há algum tempo, vários anos, que penso em todos os RX e TAC  que fiz por causa da doença e nos efeitos secundários que estes me vão provocar ao longo da vida. Peço desculpa pela confusão que é o post que se segue mas como não percebo muito do assunto tive de por as referências em todos os passos de modo a que possam ir à fonte das informações sem influência da minha interpretação das coisas. (Para piorar tinha feito um post quase inteiro e devido à M***A do wordpress perdi 1h de trabalho de pesquisas e escrita).

 

Em primeiro lugar aconselho a que se leia este artigo sobre o impacto da radiação ionizante. Dele quero salientar algumas coisas (simplificadas, visto estes serem assuntos complexos):

 

  1. Radioactividade:
     As radiações emitidas pelas substâncias radioativas são principalmente partículas alfa,partículas beta e raios gama.
  2. Raios X são fotões entre 100 eV e 100 keV, enquanto que raios gama são fotões com energias acima de cerca de 100 keV. Fonte
  3. A unidade Sievert (Sv) mede os efeitos no corpo e é cumulativa, o facto de se deixar passar um grande espaço de tempo entre dois exames não reduz o seu impacto no nosso corpo.
  4. Estamos expostos da radiação natural todos os dias, alguma provem do espaço outra do ambiente à nossa volta. Certamente que a maioria de nós está familiarizada com a necessidade de se arejar casas feitas em granito (julgo serem estas).

 

De seguida mostro uma tabela tirada daqui que mostra os efeitos de vários exames radiológicos e a comparação com a radiação natural:

 

captura-de-ecrc3a3-2014-09-7-c3a0s-12-43-381.png

 

captura-de-ecrc3a3-2014-09-7-c3a0s-12-43-54.png

 

Note-se que fazer uma TAC abdominal equivale a 7 anos de radiação natural! Eu antes da operação fiz três TAC's, isto quer dizer que recebi o equivalente a 21 anos de radiação natural!! Também se percebe que as radiografias nos membros têm um impacto negligenciável, mas no tronco já não é tão simples.

 

Também encontrei um artigo cientifico sobre o efeito da radiação nos Doentes de Crohn e de Colice Ulcerosa, há um resumo aqui. É em inglês e não tenho tempo para estar a traduzir por isso quem tiver dificuldade pode dar um salto ao tradutor do google..

 

 

Resumindo:

 

Não é um assunto alarmante mas convém ter cuidados e moderar as doses de radiação a que estamos expostos. Destas e outras fontes que li mas que não referi no post percebi que há muita controvérsia à volta deste assunto e muitos estudos a decorrer que tentam obter dados mais precisos.

 

Mas o importante a reter é que não nos devemos sujeitar a doses de radiação desnecessárias que poderão ter consequências mais tarde nas nossas vidas.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.