Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

06
Out12

HC: António Henriques

Nome:
António José Rosário Henriques
 
Idade actual:
53
 
Em que idade é que apareceu a doença de Crohn (DC)?49Como é que a doença se manifestou no início, tem familiares com DC?
A doença manifestou-se no meu caso com muita diarreia. Não tenho familiares com DC
 
Depois de lhe terem explicado que a doença era crónica, qual foi a sua reacção?
Como andei um ano sem saber o que tinha, quando soube fiquei a pensar que tinha que viver com a doença.
 
Quais as restrições que a doença causa à sua vida?
Poucas
 
Que alterações teve no peso?
Ao principio perdi muito peso mas depois fui recuperando
 
A alimentação tem influência no agravamento da doença? Se sim que conselhos pode dar.
Sim a alimentação tem muita influência no agravamento da doença. Nada de fritos e de gorduras.
 
Com que frequência tem as crises e quanto tempo duram? Há forma de prever uma crise?
Antes de ser operado tinha bastantes crises, quase não podia comer, porque a seguir vinham as dores.
 
Que medicação é que já teve de tomar? Que efeitos secundários tiveram esses medicamentos (se tiveram), no seu corpo? Actualmente, ainda precisa de controlar a doença com alguma medicação?
Antes da operação tomei corticoides que me faziam inchar. Actualmente estou a tomar “Imuran”.
 
Surgiram outros problemas de saúde relacionados com a DC?NãoJá foi sujeito a alguma intervenção cirúrgica devido à DC? Se sim, que intervenção foi essa e durante quanto tempo esteve bem, depois teve de continuar a tomar medicação?
Já fui operado três vezes. À primeira não correu nada bem e passados quatro dias fui operado novamente. Fizeram uma Ileostomia e andei com o saco 7 meses, passado esse tempo fizeram a reconstrução e por agora continuo bem felizmente (tomo o Imuran).
 
Há quem defenda que existe uma relação entre o estado psicológico do doente e a própria doença. Concorda? Até que ponto tem impacto na sua vida?
Penso que sim.
 
E a família e os amigos, apoiaram-no? Considera esse apoio fundamental?
Claro o apoio da família e dos amigos é fundamental.
 
Sentiu algum preconceito das pessoas relativamente à doença?Não
Se tem que viajar como faz?
Redobro os cuidados com a alimentação
 
Por fim, que mensagem deixaria a todos aqueles que têm DC e que, ora por inexperiência a lidar com a doença, ora por falta de força, vacilam?
Que oiçam sempre e cumpra com aquilo que os médicos lhes dizem, oiçam os amigos com DC e lembrem-se que há pessoas na vida com doenças bem piores.

 

Voltar a Histórias de Crohn

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.