Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

21
Mai12

Link: 45% dos portugueses termina relação íntima devido à doença

Normalmente os links que ponho aqui no blog são teóricos, este é um dos textos mais interessantes que li sobre a DC na medida em que toca em assuntos que influenciam o dia a dia de um doente de Crohn. Identifico-me com quase todos os "sintomas" expostos no texto, já estou tão habituado à doença que às vezes perco a noção de que certas coisas não são normais....

 

Mais uma vez deixo em baixo a transcrição do texto para o caso do link não funcionar.

 

                                                                                                                                                   

 

Um inquérito realizado pela Federação Europeia das Associações de Crohn e Colite Ulcerosa revelou que 45 por cento dos portugueses que sofrem de Doença Inflamatória do Intestino (DII) evitaram ou terminaram uma relação íntima devido à doença.

O estudo sobre o impacto da doença na qualidade de vida dos doentes, a que a agência Lusa teve esta quinta-feira acesso, e que foi realizado em 25 países, incluindo Portugal, concluiu que mais de um quinto dos doentes (22 por cento) assumiu que a DII influenciou a sua capacidade para fazer ou manter amizades.

A Doença Inflamatória do Intestino afecta mais de 15 mil portugueses e manifesta-se, sobretudo, em jovens adultos com idades compreendidas entre os 20 e os 40 anos. Anualmente surgem cerca de 100 novos casos.

A patologia engloba a Doença de Crohn e a Colite Ulcerosa que exercem “um impacto muito forte na qualidade de vida dos doentes e nas relações interpessoais”, refere a Associação Portuguesa de Doença Inflamatória do Intestino (APDI), que, no sábado de manhã, assinala o dia mundial da doença com uma caminhada, no Parque da Cidade, no Porto.

A iniciativa destina-se a doentes, familiares e a todos aqueles que se queiram associar à sensibilização para a doença.

Uma das situações que mais preocupa os doentes prende-se com a necessidade de idas frequentes à casa de banho. De acordo com o inquérito, 36 por cento dos inquiridos afirma ter sido alvo de brincadeiras de outras pessoas por este motivo. Mais de metade dos doentes fica preocupado quando tem que ir a algum lado e desconhece se existem casas de banho disponíveis (53 por cento).

Os doentes consideram que o acesso a cuidados especializados é geralmente bom, tendo a maioria um diagnóstico final atempado. Apesar disso, cerca de 15 por cento dos doentes teve que esperar cinco anos ou mais pelo seu diagnóstico.O número de internamento de doentes com DII é considerada “bastante elevado” – aconteceu em 87 por cento dos casos.

Muitos doentes vivem com complicações associadas: 44 por cento têm problemas de articulações, 24 por cento sofre de problemas de pele, 28 por cento afirma tomar regularmente analgésicos para alívio dos sintomas associados à DII e 31 por cento acorda frequentemente em resultado de episódios de dor relacionados com a doença.Na maioria dos casos, a doença pode ser mantida sob controlo com medicação mas, actualmente, não há causa nem cura conhecida para a Doença Inflamatória do Intestino.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.