Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

Blog Vencer a Doença de Crohn

Blog que acompanha a evolução da (minha) doença de Crohn, e que aborda temas/assuntos relativos à doença.

08
Jun09

8ª Injecção

Já cheguei à 8ª! Esta, como todas, custou um pouco. E não é que a seringa demorou mais de 10segundos a injectar??? Eu não queria acreditar, cheguei ao numero 10 e ainda falta imenso para acabar a injecção. Dói, como sempre doeu, mas sinceramente depois de todas as picas que levei, furaram-me tudo, esta foi só mais uma! E como já estou mentalizado que dói para burros consigo atenuar quase totalmente a dor. Esta injecção dei no hospital visto não saber se ia lá ficar ou não, e já que estava com a mão na massa, dei a injecção. Era suposto mostrar ao meu colega de quarto (tiago) porque ele provavelmente vai fazer este tratamento mas ele tinha saído. O estúpido é que eu já tinha aberto a embalagem quando me apercebi da futilidade de me injectar lá, como já não havia nada a fazer... Quanto ao sitio onde dei, foi o mesmo da ultima vez, mas tenho desculpa, passaram 3 semanas desde a ultima vez e não quero dar perto da zona onde tive o abcesso. Vamos ver como correm os próximos dois dias :), se for como no início, MARAVILHA! Dá para ir aos santos populares hehe.

 

transferir-3.jpg

 

19
Mai09

7ª Injecção

Dia de injecção, confesso que estava bastante nervoso, acho que da ultima vez doeu muito. Talvez por estar mentalizado para a ideia que ia doer fiquei ligeiramente desapontado (o que é bom), desta vez doeu pouco!!! E nem senti aquela vontade imensa de tirar a seringa depressa da barriga. Foi uma injecção muito bem dada, não ficou um buraco enorme, doeu pouco e no fim não vi nem senti liquido a sair, acho que ficou todo cá dentro :). Estava super nervoso, e confesso que demorou uma boa hora a ganhar coragem, tive tempo para fazer tudo lol. Mais uma vez cá fica a imagem para efeitos de arquivo.

 

transferir-3.jpg

 

05
Mai09

6ª Injecção

Chegou o dia, e tomada está a sexta injecção! Acho que desta vez dei a injecção mal!!!! Aparentemente não apontei a caneta a 90º com a pele, a bolha da injecção ficou muito ao lado do buraco da agulha! Talvez a uns 10 ou 15mm. Também pareceu ter saído um bocadinho de liquido (que já tinha reparado na ultima vez), não sei se é normal, mas também é muito pouco e não deve fazer diferença.

 

Entretanto a bolha já está a diminuir. A dor continua a ser muita, mas desta vez parece que doeu menos, talvez porque já estou melhor da barriga e não tão sensível à dor. Não sei, é tudo pura especulação.

desenho-barriga-3.png

 

O importante é que estou bem e me sinto bem. Com a injecção devo ficar ainda melhor nos próximos dias .

25
Mar09

Explicação

Serve este post como explicação do porquê de estar a por as imagens de onde tenho levado as injecções, não é por acaso e vou continuar a por (isto se não me cansar completamente do blog). É muito importante saber onde dou as injecções porque não devo dar duas injecções seguidas no mesmo local, fiz nesta terceira injecção porque na primeira vez levei dos dois lados. No folheto indica que não o devo fazer porque pode irritar a pele, ficar tipo sangue pisado, não quero MESMO que isso aconteça, sou muito mariquinhas o que é que se há de fazer... 😆

24
Mar09

3ª Injecção

terça-feira, 24 de março de 2009

Boas noites, volto a escrever, desde já as minhas sinceras desculpas por estar a escrever no blog por atraso mas compromissos de natureza pessoal (preguiça) não me deixaram com outra alternativa senão escrever um pouco mais tarde.

 

Como já tinha referido no primeiro post, as idas ao Hospital são uma verdadeira aventura, acordar cedo, apanhar trânsito, ficar horas à espera, pagar horas e horas de parque, voltar para o trânsito e chegar a casa de rastos.

 

Não, hoje não foi assim, muito provavelmente porque tinha consulta marcada (espantem-se). Quando cheguei junto do guichet aconteceu algo muito caricato, era o único “cliente”? e ainda tive de esperar que as senhoras terminassem a conversa que estavam a ter e que nada tinha a ver com o hospital. Uma das três reparou que eu estava lá e chamou pela senha 21, (há duas semanas atrás ainda não tinham instalado o sistema, mas concordo a 100% com a sua implementação) e portanto fui apanhado um pouco de surpresa, no decorrer da situação, não sei se pela cara que a senhora fez, perguntei se era preciso tirar senha, ao que me respondeu que sim, tirei a senha e dei-lhe, ela pegou e deitou para o lixo!!! Porquê??? porquê pedir a senha se não estava ninguém na fila, a sala estava quase vazia...

 

Fora este aparte, recebi ordem para entrar, esperei um pouco lá dentro e rapidamente chegou a minha vez, a enfermeira que me atendeu foi a mesma da ultima vez, cheguei a dizer que é espanhola? Pode não ser, mas tem sotaque, é simpática, fez um gracejo sobre se eu não ia quase desmaiar como da ultima vez, teve alguma piada :). Fomos para uma sala mais abrigada, em termos de higiene e olhares indiscretos, injectar em frente a toda a gente seria muito desconfortável.

Perguntou-me se estava tudo bem, nenhumas reacções alérgicas etc, e após a confirmação pediu-me para administrar a injecção. Fiz como me tinha ensinado da outra vez, a mesa foi desinfectada, lavei as mãos, abri a caneta e posei na embalagem, abri o toalhete e desinfectei a pele, agarrei um pedaço de pele na barriga, no local da imagem seguinte:

 

transferir-3.jpg

 

encostei a caneta a 90º, disparei e contei até 10 para ter a certeza que todo o conteúdo é injectado embora ele acabe aos 5 ou 6 segundos. Retirei a caneta, pus na embalagem de seringas e desinfectei novamente o local (atenção que não se deve raspar, apenas pousar o toalhete em cima durante alguns segundos).

 

Ela disse-me que estava tudo bem e disse também que não preciso de dar as injecções nas pernas visto a minha dose ser pequena (só de duas em duas semanas), o que me deixou aliviado, dar nas pernas é mais difícil de certeza 😲.

 

A zona da injecção fica um pouco dorida no próprio dia, mas no dia seguinte já não dói. Dei esta injecção como deve ser, não se vê sequer a zona onde a agulha penetrou. Já estava a ficar um pouco mal da barriga de novo mas hoje, dia seguinte, já não sinto nada na barriga e acho que estou com melhor disposição! 

 

🙂🙂🙂

23
Mar09

Primeiro dia de Tratamento

9 de Março de 2009

 

Dia de tomar a primeira dose.

 

       Acordei cedo, tinha que estar no hospital antes das 10h, não quero ficar horas e horas à espera como é costume, já vou mentalizado para a espera mas tenho sempre uma leve esperança de que seja atendido rapidamente.

       Depois de muito transito chego finalmente ao Hospital dos Capuchos, passei pelos devidos sítios para levantar os exames. Não demorou muito a ser atendido mas fiquei depois muito tempo à espera lá dentro. Não gosto particularmente da forma como os hospitais estão organizados, mas temos de seguir em frente embora me irrite um pouco coisas tão mal programadas!!!

       Passadas umas horas e até algumas peripécias lá chegou a hora do tratamento. Fui à farmácia buscar o Humira, e fiquei um pouco espantado, primeiro a senhora tirou um saco, e foi depois buscar uma placa de gelo que colocou dentro do saco juntamente com as caixas de Humira. Disse-me que tenho que manter o medicamento sempre fresco e em casa colocar dentro do frigorifico, mas não encostar ao fundo porque não pode congelar!!!

       Voltei então para o Hospital de Dia Gastro. A enfermeira disse-me para a seguir e com ela vieram o que acho serem 4 estagiárias ou algo do género, comecei logo a ficar MUITO NERVOSO!!! Quer dizer, são da minha idade, talvez um pouco mais novas, tenho até uma amiga que está a tirar enfermagem, meu deus não queria acreditar...

       A enfermeira explicou-me todos os passos do tratamento e aplicou a primeira caneta, até aí tudo bem, dói, dói bastante, mas nada do outro mundo.

       Chegou depois o momento de ser eu a administrar a caneta a mim mesmo. E não tenho problemas com agulhas mas isto dói, ser a própria pessoa a premir o gatilho que vai originar a dor não é fácil, posso-vos garantir! A enfermeira começou então a fazer perguntas e a dar conselhos, eu comecei a sentir as pernas quentes, os braços pesados e os ouvidos ao fundo do túnel! Devo ter ficado branco como os dentes do Paulo Portas, ela perguntou-me se eu me estava a sentir bem, disse-lhe a verdade, e ela respondeu que não me preocupasse que não era alergia ao tratamento, que isso não acontecia tão rápido, o que tive foi uma quebra de tensão, já não comia há 4 horas, estava muito calor e além dos nervos normais do tratamento ainda tinha as 4 raparigas a olhar para mim, eu ali com a barriga à mostra, não quero arranjar desculpas, mas foi uma situação que me deixou desconfortável, não gosto destas vulnerabilidades...

       Relativamente ao tratamento, as duas injecções que recebi foram como está no desenho seguinte:

 

transferir-1.jpg

 

       Quanto ao Humira, deixo aqui a página oficial para quem quiser consultar,  a caneta que se injecta nas zonas sombreadas no desenho anterior tem o seguinte aspecto:

 

transferir.jpg 

 

       A injecção é sub-cutânea  (foi o que a enfermeira me disse) . A caixa tem este aspecto:

 

transferir-2.jpg

 

 

Calendário

Agosto 2020

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub